Nacionalidade
arg Argentina
Posição
Ala-Armador
Altura
2,01m
Peso
81kg
Time Atual
Barcelona
Universidade
Season:

Idade: 19 anos
País: Argentina
Time: FC Barcelona (Espanha)
Posição: ala-armador
Altura: 6’6.5” (1,99 m)
Envergadura: 6’8’’ (2,03 m)
Peso: 84 kg)
Médias na última temporada: 8.0 pontos, 1.7 rebotes, 2.6 assistências, 1.3 roubo de bola, 0.1 toco, 1.8 desperdícios de bola, 42.4 % de aproveitamento nos arremessos de quadra, 27.9 % de aproveitamento nas bolas de três pontos, 67.6 % de aproveitamento nos lances livres, 17.6 minutos por jogo

Pontos fortes
– Dono de bom conjunto de altura e envergadura para atuar nas posições 2 e 3 na NBA, provavelmente mais alto do que sua última medição oficial (Nike Hoop Summit 2018)
– Atleticismo fluido, capaz de jogar por cima do aro, correr com velocidade em quadra aberta e se deslocar com muita naturalidade de movimentos
– Ballhandler natural, que pode atuar como criador primário ou secundário. Consegue quebrar a defesa com dribles e passadas largas na direção do aro
– Passador criativo, que enxerga ângulos improváveis e conduz muito bem a bola, especialmente em transição, buscando a melhor posição para seus companheiros. Consegue mover a defesa com seus olhos e dribles de corpo
– Consegue se virar em jogadas de isolação, capaz de criar o próprio arremesso quando requisitado. Possui uma série de dribles de mudanças de velocidade e hesitações que lhe tornam difícil de ser marcado individualmente
– Joga com muita intensidade na defesa, utilizando fisicalidade, agilidade lateral e entendimento dos espaços para se sobressair na retaguarda
– Ataca as linhas de passe, entende como fechar espaços e conseguir roubos de bola e pontuar em transição, ótimas mãos
– Ótimo jogo de floaters saído de pick-and-rolls e ações fora da bola, possui muito arco e alto ponto de lançamento, difícil para defesa contestar
– Flashes de que pode se tornar um pontuador dinâmico fora da bola, com capacidade de plantar os pés em arremessos em movimento, além de mostrar solidez pontuando em arremessos curtos de meia distância
– Criativo, bom passador, driblador e esforçado defensor, existe um potencial bem interessante a ser explorado no ala argentino, trate-se de um jogador de basquete natural
– Conseguiu roubar minutos no Barcelona, uma equipe que geralmente sabota a avaliação dos próprios prospectos e não lhes dão oportunidades, conseguindo valiosa experiência na Liga ACB e Euroliga em um time muito profundo

Pontos fracos
– Mais criativo e fluido do que explosivo, sua efetividade como pontuador pode cair na NBA, com defesas mais atléticas preparadas para seu drible
– Falta força, timing e explosão vertical para se tornar um melhor finalizador ao redor do aro. Depende de ângulos esquisitos e de seu floater para pontuar no garrafão.
– Excesso de confiança que pode atrapalhar. Apesar de distribuir mais assistências do que dá turnovers, tende a dar passes difíceis e forçados em ângulos improváveis.
– Força dribles em espaços confinados demais, resultando em desperdícios de bola e contra-ataques para o adversário
– Não estabelece bem os pés em arremessos após o drible para três pontos, pode melhorar seu trabalho de pernas para ser um melhor pontuador
– Apesar de não ter um arremesso quebrado, é historicamente inconsistente, tanto por sua seleção de arremessos, que arrisca em transição, saído de corta-luzes e marcado, como também pela mecânica ser um pouco lenta e com ponto de lançamento baixo, mais fácil de ser contestada
– Bom defensor, mas não possui envergadura e agilidade lateral de elite para ser um stopper, marcar atletas de garrafão ou armadores muito explosivos
– Não utiliza bem o contato para finalizar e pouco vai a linha de lances livres, com aproveitamento baixo para um atleta de perímetro
– Reboteiro abaixo da média para um ala de seu tamanho
– Seu jogo foi em sua carreira, até agora, mais não-ortodoxo e único do que efetivo e eficiente, ainda precisa de tempo para causar impacto na NBA
– Apesar de ter atuado na Liga ACB e Euroliga, foi por uma quantidade mínima de minutos (145 totais em 13 partidas), passando a maior parte da temporada na fraca LEB Silver (terceira divisão espanhola) pela Barcelona II, que possui um nível competitivo baixo

Projeção: entre as escolhas 25 e 40