Nacionalidade
usa Estados Unidos
Posição
Center
Altura
2,06m
Peso
111kg
Time Atual
Washington Huskies
Universidade
Season:

Idade: 19 anos
País: Estados Unidos
Universidade: Washington
Experiência: freshman (primeiro ano universitário)
Posição: pivô
Altura: 6’9″ (2,06m)
Envergadura: 7’5″ (2,25m)
Peso: 113 kg

Médias na última temporada: 17.0 pontos, 8.8 rebotes, 0.8 assistência, 0.5 roubo de bola, 2.1 toco, 2.2 desperdícios de bola, 57.0% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 25.0% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 77.4% de aproveitamento nos lances livres, 32.2 minutos por jogo

PONTOS FORTES

– Muito forte fisicamente
– Trabalha duro sem a bola para estabelecer posição profunda no garrafão – seja para receber passes e finalizar ou para conquistar posses de bola extra (2.8 rebotes ofensivos em 19-20)
– Bom toque em ganchos curtos ao redor do aro, usa ambas as mãos
– Físico para finalizar. Vai à linha do lance-livre com frequência (média de 6.2 tentativas em 19-20)
– Ótimo screener. Entende ângulos e tem ‘orgulho’ em acertar o adversário para liberar o homem da bola
– Excelente envergadura o permite bloquear e alterar arremessos ao redor do aro
– Força nos membros inferiores e técnica para ‘montar a cadeira’ faz dele um ótimo defensor de post, inclusive contra pivôs tradicionais
– Disciplinado para fazer o box out na tábua defensiva. Procura sempre um corpo para bloquear antes de ir atrás da bola
– Potencial para ser um defensor adequado em situações de troca contra jogadores menores, mostrou boa agilidade para mover os pés e sabe usar a envergadura para afetar o arremesso do oponente mesmo mantendo uma ‘distância segura’ – dificultando a infiltração
– Mismatch contra formações que utilizam um pivô de small ball na 5. Pune jogadores menores fisicamente
– Potencial como arremessador na meia distância. Sólida mecânica e toque se demonstra nos 77.4% de aproveitamento nos lances livres

PONTOS FRACOS

– Pouca explosão atlética o limita como espaçador vertical no ataque
– Falta de explosão o prejudica também na tábua defensiva em situações que não consegue bloquear o pivô adversário com o box out
– Velocidade apenas mediana na transição como rim runner. Corre como um ‘pivôzão’ tradicional ao invés de um jogador de 2,06m de altura
– Mostra potencial, mas foi pouco testado em trocas defensivas durante a NCAA 19-20 por conta da frequente utilização da zona 2-3 de sua equipe na defesa
– Encaixe preocupante no ataque contemporâneo. Atua melhor de costas para a cesta. Falta de explosão e primeiro passo ‘pesado’ o prejudicam como finalizador em pick and rolls. A essa altura, também não espaça a quadra na linha dos três pontos
– A menos que se estabeleça como um defensor acima da média em situações de troca, as dificuldades de encaixe ofensivo o projetam mais como um ‘jogador para trazer fisicalidade do banco de reservas’.

Comparação: Derrick Favors (New Orleans Pelicans)

Projeção: entre as escolhas 14 e 25