Nacionalidade
ger Alemanha
Posição
Ala
Altura
2,05m
Peso
100kg
Time Atual
Michigan Wolverines
Universidade
Season:

Pontos fortes

– Alto entendimento do jogo nos dois lados da quadra. Mistura instintos para reagir com a habilidade de se manter disciplinado taticamente

– Defensor coletivo especial. Disruptivo no perímetro não apenas pela habilidade de antecipar com seu atleticismo e envergadura, mas pela mentalidade para pressionar ball handlers durante toda a partida

– Fundamentos defensivos muito bem consolidados. Desliza lateralmente. Destaque especial para seus closeouts, misturando a rara combinação de agressividade para ir ‘até o corpo’ do arremessador com a disciplina para chegar com equilíbrio, mantendo ambos os pés no chão, pronto para reagir às infiltrações do oponente

– Defensor individual versátil. Ágil o suficiente para se manter em frente das três posições de perímetro. Boa força funcional para manter posição contra a maioria dos alas-pivôs, a despeito da aparência longilínea

– Canivete suíço também no lado ofensivo da quadra. Pode ser utilizado – basicamente – em qualquer lugar entre as posições 2 e 4

– Boa atividade fora da bola. Timing especial e muita força em seus cuts sem a bola. Arremessador capaz, e em franca evolução, em cenários de spot up

– Criador secundário. Disciplinado para executar leituras simples com o fundamento apropriado (2.3 AST por TO em 20-21), mostra flashes de leitura avançada com skill para distribuir passes com apenas uma das mãos, de maneira ambidestra e em movimento

– Jogador muito jovem para um sophmore. Mistura experiência e upside

– Salto físico-atlético de seu ano de freshman para o segundo ano na NCAA indica grande margem para evolução nesse aspecto. Pode vir a ser alguém capaz de atuar ‘full time’ na posição 4 e até alternar minutos como um ‘small ball 5’

 

Pontos fracos

– Tem dificuldade para criar o próprio arremesso. Muito sólido em seus fundamentos, mas – exceto pelos passes criativos – tende a adotar uma abordagem metódica e quase robótica em seus movimentos

– Arremessador em evolução, mas ainda não pode ser considerado um jogador consistente na linha dos 3-PT. Por isso, pode ter problemas para atuar no perímetro no início de sua carreira na NBA

– Faz muitas coisas bem. Mas nada ‘espetacular’ – o que lança dúvidas sobre seu potencial para ser mais do que um ‘role player’ de elite na liga

– Apesar dos instintos especiais como protetor de aro, tipo longilíneo tende a limitar seus minutos como small ball 5. É esperado que tenha problemas para conter ‘bigs’ tradicionais que atuem com um grau importante de fisicalidade

– Embora tenha ótima força funcional, tipo longilíneo também lança questionamentos sobre sua habilidade de sobreviver na tábua de rebotes atuando na 4 contra lineups mais tradicionais – que contem com nomes como Anthony Davis, Zion Williamson e Julius Randle na posição

Projeção no draft: loteria

Comparação: Andrei Kirilenko (ex-Jazz)