Levando em conta as equipes para as quais os calouros do draft de 2020 foram draftados, os papéis que projetamos para eles em seus respectivos elencos e o estágio de seus desenvolvimentos para exercer as funções que provavelmente lhes serão atribuídas, apontamos os 5 principais favoritos ao prêmio de ‘Calouro do Ano’ em 2020-2021:

1) James Wiseman (Warriors)
Status no elenco: Titular
Expectativa de minutos: 25 a 30
Papel: Protetor de aro, reboteiro, espaçador vertical
Comentário: Embora ainda tenha muito a evoluir no aspecto técnico a fim de expandir seu jogo ofensivo, Wiseman está pronto para exercer o papel que sua equipe demandará na próxima temporada – utilizando seus atributos físicos, muita fluidez atlética e as excelentes mãos para, no ataque, explorar as oportunidades criadas pelo ritmo rápido do Warriors na transição e a atenção atraída por Curry em cenários de PnR. Na defesa, Wiseman terá apenas de seguir a liderança de Draymond Green para dar um salto tático imediato e se consolidar como um dos bons defensores de ajuda da liga já em seu primeiro ano.

2) Obi Toppin (Knicks)
Status no elenco: Titular
Expectativa de minutos: 30-35
Papel: ponto focal em pick and rolls na meia quadra e alvo primário na transição
Comentário: Toppin chega pronto para contribuir ofensivamente como um legítimo titular na NBA. Em uma equipe como o Knicks, carente de um grande acúmulo de talentos, não será surpresa se o ala-pivô encerrar seu ano de novato não apenas como o principal cestinha do elenco, mas também como o jogador de maior impacto nos resultados das partidas.

3) LaMelo Ball (Hornets)
Status no elenco: Titular
Expectativa de minutos: 25-35
Papel: Ball handler principal; lead guard
Comentário: a despeito de contar com dois bons guards em Terry Rozier e Devonte’ Graham, é provável que o Hornets não hesite em dar as chaves de seu ataque para Ball logo no primeiro jogo da temporada. Neste contexto, esperamos que o armador utilize sua ‘liberdade’ para aprender com erros e se familiarizar com o jogo da NBA – alternando momentos de genialidade com um número elevado de turnovers e uma seleção de arremessos inconsistente.

4) Anthony Edwards (Timberwolves)
Status no elenco: Titular
Expectativa de minutos: 25-35
Papel: slasher
Comentário: Edwards chegará em um elenco que já conta com duas jovens estrelas em Karl Anthony Towns e D’angelo Russell e uma equipe que tem ambições de competir por uma vaga nos playoffs do Oeste. Este contexto deve fazer com que o novato ocupe um papel mais específico, utilizando seu atleticismo para colocar pressão no aro como slasher na transição e como cutter na meia quadra – cenário que pode diminuir suas oportunidades de anotar números expressivos o bastante para ser o novato do ano.

5) Cole Anthony (Magic)
Status no elenco: indefinido
Expectativa de minutos: 15-30
Papel: cestinha
Comentário: ainda não temos uma definição clara sobre o elenco do Magic para a próxima temporada. De todo modo, Anthony deverá iniciar o ano já como um dos poucos jogadores com a liberdade e o conjunto de habilidades para criar para si mesmo – seja como um titular, ao lado de Markelle Fultz, ou como um sexto homem ou sétimo homem (caso Evan Fournier permaneça na equipe).