A partir do dia 1º de janeiro de 2020 será dado o início uma nova década e, com o envelhecimento de Lebron James – há 10 dias de completar seu 35º aniversário, a disputa pelo simbólico título de ‘Jogador da Década’ terá como prováveis protagonistas atletas que sequer disputaram suas primeiras finais de NBA até aqui.

Projetando aquele que será o sucessores de Michael Jordan, Kobe Bryant e Lebron James – os melhores das décadas de 90, 2000 e 2010, listamos e apontamos as principais características dos quatro principais candidatos a ocupar o trono ao longo de 2020.

Confira abaixo:

1) Giannis Antetokounmpo (ala versátil do Bucks)
Idade: 25 anos

Com 2,11m de altura, envergadura de 2,21m e uma combinação de atleticismo e força física, ele é mostra igual conforto para atuar com a bola nas mãos e defender ‘guards’ no perímetro, como para preencher a posição 5 – dominando o garrafão nos dois lados da quadra.

Ninguém da atual geração representa tão bem quanto ele o ‘basquete sem posição’ que treinadores e scouters tanto pregam, o que – juntamente com o fato dele entrar no primeiro ano da década como o melhor jogador da liga – o posiciona como grande favorito.

 

2) Luka Doncic (armador do Mavericks)
Idade: 20 anos

Em meio àquela que talvez esteja sendo a melhor temporada de um jogador de 20 anos na história da NBA, o esloveno desafia o histórico ao se colocar como candidato a ‘rosto da década’ sem possuir um atleticismo acima da média.

Sem precisar saltar mais alto ou ser mais veloz que os adversários Doncic desmonta defesas a partir de sua excepcional leitura de jogo e nível de ‘skill’ no pick and roll – jogada mais executada atualmente no basquete mundial.

 

3) Anthony Davis (ala-pivô do Lakers)
Idade: 26 anos

Não há hoje na liga um jogador mais dominante que ele no lado defensivo da quadra. Davis defende as 5 posições confortavelmente e – de quebra – é extremamente disruptivo fora da bola.

Aos 26 anos, o ala-pivô tem a vantagem de entrar no auge de sua carreira atuando ao lado de um ainda extremamente produtivo Lebron James – cenário que pode impulsiona-lo à conquista de títulos nessa primeira metade de 2020, fator sempre relevante nos debates de ‘melhor da década’.

 

 

4) Zion Williamson (ala-pivô do Pelicans)
Idade: 19 anos

Jogador único na história da liga sob o ponto de vista atlético – com a agilidade de um guard e a força física de um pivôzão (129kg), Williamson – tal como Antetokounmpo – mostra igual conforto para atuar no perímetro, como no garrafão, seja na fase ofensiva ou defendendo.

Com o desafio de se manter saudável, fator que o impediu de sequer estrear na liga até aqui, o ala-pivô é – talvez – o prospecto mais dominante a surgir no radar da NBA desde Lebron James, no início dos anos 2000.