Fim da primeira semana da NBA. É hora de elegermos o já tradicional pódio dos novatos que mais se destacaram no período:

1 – Trae Young (Hawks) 23 pontos / 8.3 assistências / 45.4% de aproveitamento nos arremessos de quadra

Dentre todos os calouros o armador é aquele que tem tido mais liberdade para assumir ‘as chaves da franquia’ logo nesse início de temporada e não tem decepcionado.

Young não coloca apenas ‘números vazios’ na tabela de estatísticas, mas tem sido o principal – e talvez único – fator a tornar a fraca equipe do Atlanta minimamente competitiva.

Com o ótimo rítmo que colocou em quadra e exibindo toda sua criatividade para criar passes para os companheiros, ele começou a ratificar a projeção de ser um ‘game changer’ – capaz de impactar não apenas sua equipe, mas a forma com que o jogo em si é praticado quando está em quadra, mesmo pela equipe adversária, como só um armador de verdade é capaz de fazê-lo.

2 – Jaren Jackson Jr. (Grizzlies) 17 pontos / 2 Roubos / 1.4 Toco / 40% 3-PT

Como esperado, o ala-pivô tem se estabelecido como o melhor defensor da classe. Extremamente ativo nesse lado da quadra, Jackson conseguiu manter dois jogadores em cheque marcando o pick and roll – se mantendo em frente do homem da bola e retornando rapidamente para seu matchup inicial.

No ataque, o jogador teve um início promissor como espaçador de quadra. Convertendo – com confiança – seua arremessos de 3.

3 – Deandre Ayton (Suns) 11.5 pontos / 9 rebotes / 3.5 ast / 55.6% FG

O pivô foi do céu ao inferno nos dois jogos que atuou. Sua grande atuação contra o Mavericks de Luka Doncic, no entanto, foi suficiente para colocá-lo no top 3.

Na ocasião, Ayton foi extremamente eficiente no ataque – punindo consistentemente as trocas defensivas com muita força física e técnica para finalizar com ambas as mãos. Além disso, brilhou como um criador de jogadas a partir dos cotovelos do garrafão lembrando os bons tempos de Tim Duncan.

Menção honrosa: Luka Doncic (Mavericks) 18 pontos / 7 rebotes